IMG-20170728-WA0036

Valletta deverá atrair um milhão de visitantes como Capital Cultural da Europa

No próximo ano, Valletta, capital de Malta, irá efervescer em cultura e recentes dados divulgados pelo comitê que está preparando a próxima Capital Cultural da Europa só reforçam as expectativas. Aproximadamente €10 milhões serão investidos na cidade e uma programação com 140 projetos exclusivos e 400 atividades irá tomar conta do país.

Jason Micallef, um dos representantes do comitê, relatou ao jornal Malta Today que a cidade vem se preparando há cinco anos para o representativo evento que tornará Valletta a Capital Cultural da Europa. No decorrer de 2018, a expectativa é que mais de um milhão de espectadores e turistas visitem o país e as reservas de acomodação na região devem aumentar em 10% em comparação com anos anteriores.

Além da movimentação turística, o setor de economia criativa também será beneficiado com a criação de novos empregos. E para que o legado não tenha a duração de apenas um ano Valletta está se preparando para criar uma Agência Cultural, que será responsável por continuar incentivando e apoiando iniciativas culturais no país a longo prazo.

A iniciativa “Capital Cultural da Europa” visa elucidar a riqueza da diversidade em diferentes países, celebrando múltiplas expressões artísticas e mobilizando a comunidade para o envolvimento por meio da cultura. O título instiga cidades a buscarem fomentar o setor de maneira mais abrangente e atrair novos investimentos. No próximo ano a cidade de Valletta irá tornar-se a Capital Cultural da Europa, juntamente com a cidade de Leeuwarden, na Holanda. A cidade de Galway, na Irlanda, também está se preparando para assumir o título, em 2020.

Leave a Comment

Your email address will not be published. All fields are required.