wanderer-455338_1920

Irlandeses também são incentivados a buscar a experiência do intercâmbio

A Irlanda está entre os destinos de intercâmbio mais populares entre os brasileiros e razões é que não faltam para tal preferência. A inserção na Europa, conexão com outros países e oportunidade de aprender um novo idioma e cultura são algumas delas. O que muita gente não percebe é que a Irlanda pode não ser o país ideal para todos os estudante e é pensando nesse público que o governo irlandês está lançando metas para a exportação de intercambistas. Na verdade, o incentivo é voltado ao intercâmbio para irlandeses.

De acordo com a Associação de Universidades Irlandesas, uma experiência de estudos no exterior contribui para habilidades linguísticas, competências interculturais e para o desenvolvimento de cidadãos do mundo. Da mesma forma que milhares de intercambistas passam por essas transformações na Irlanda, o governo do país também quer que os estudantes irlandeses passem por essa experiência. Atualmente, um em cada cinco irlandeses aproveitam oportunidades no exterior e a meta é aumentar esse panorama para 20% até 2020.

De acordo com a plataforma The Pie News, o governo também vai estipular metas para favorecer determinados grupos, como estudantes da terceira idade, intercambistas com algum tipo de deficiência física e jovens que possuem baixa renda. Questões relativas à vida de qualquer intercambista, como o custo dos programas, a distância da família e as chances de adaptação em diferentes destinos também estão sendo colocadas em pauta. A verdade é que, independentemente de sua origem, o intercâmbio é sempre uma oportunidade incrível e o acesso a essa experiência deve ser disponibilizado a todos.

Gostou do que viu? Solicite seu orçamento

Leave a Comment

Your email address will not be published. All fields are required.