• Menu
  • Menu

Turistas ajudam a preservar belezas naturais na Austrália

Um dos principais atrativos de visitantes à Austrália são suas belezas naturais e diversidade. Além das belíssimas paisagens, a extensão da fauna e flora no país possibilita um leque de novas experiências e momentos inesquecíveis, já que muitas espécies não podem ser encontradas em nenhuma outra região do mundo. A combinação da vida selvagem e clima acolhedor atrai quase 70% dos visitantes ao país e considerando estes dados a organização Australian Wildlife Collection está divulgando formas interessantes e eficientes para que todos possam ajudar na preservação desses recursos.

De acordo com uma reportagem publicada no jornal The Australian, quase 40% dos turistas que chegam ao país alegam que o fator belezas naturais é o mais importante na hora de planejar sua viagem. Desta maneira, nada mais justo do que ajudar a conservar esse patrimônio a partir de um engajamento simples e sustentável. Turistas podem contribuir com metas de preservação plantando novas árvores para que os coalas possam expandir sua presença em um dos principais parques da Austrália, por exemplo. Eles também podem transformar suas fotos submarinas em ferramentas de pesquisa, divulgando-as junto a programas de monitoramento científico. E essas são apenas algumas sugestões.

O objetivo principal é expandir a exposição dos visitantes a animais em seus ambientes naturais, uma experiência diferente da contemplação em santuários ou zoológicos. Para que o plano se concretize de forma eficiente, profissionais do ramo estão determinados a buscar mais qualificação em projetos guiados e hospitalidade.

De acordo com a agência online Responsible Travel, o estilo de aventura imersiva está crescendo no setor de turismo, aliado ao conceito da verdadeira aventura. Mais pessoas estão procurando por experiências genuínas e são somente destinos turísticos já famosos. Se você é uma dessas pessoas, a Austrália pode fazer parte de um roteiro cheio de novas descobertas e consciência ambiental.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.