• Menu
  • Menu

Mais empresas adotam o inglês como idioma universal

A tendência global de difusão da língua inglesa apresentou representativo crescimento nos últimos anos e não parece que vai desacelerar tão cedo. Por essa razão, muitas pessoas aprendem o idioma para conseguir melhores colocações no mercado de trabalho e elas estão mais do que certas. De acordo com um levantamento apresentado pelo portal BBC News, mais empresas estão adotando a língua inglesa como principal idioma, mesmo que elas estejam situadas em países que tradicionalmente não falam inglês, como Japão e França, por exemplo.

Para grandes companhias multinacionais, a incorporação do inglês como único idioma ajuda a alinhar frentes de trabalho e aprimora a comunicação entre diferentes matrizes. Depois de anos traduzindo e-mails e documentos para oito línguas diferentes, a empresa francesa Sodexo, por exemplo, anunciou este ano que sua equipe de liderança irá adotar o inglês como principal forma de comunicação. Esses profissionais são responsáveis por 500 mil empregados em 80 países diferentes. Quase 124 mil vivem nos Estados Unidos.

Outras empresas mundialmente conhecidas que já adotaram o sistema são a Nissan, a Honda e a Siemens, todas situadas em países nos quais o inglês não é o principal idioma. Para a maioria das companhias, o objetivo é aproximar líderes e representantes da América do Sul em colaboração com funcionários de países como França e Estados Unidos.

Apesar da tendência global, contudo, estudos apontam que no Brasil apenas 5% da população apresenta fluência na língua inglesa. Para engajar o funcionário neste processo, muitas empresas oferecem aulas, mas para sair na frente vale a pena investir no idioma antes mesmo de vislumbrar a vaga de trabalho ideal. Neste cenário, a experiência do intercâmbio pode fazer toda a diferença. O retorno do investimento será refletido em um diferencial competitivo, que possibilitará a conquista de oportunidades de sucesso para a carreira profissional.

Leave a reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.