Third-Level-Volunteering_Habitat-for-Humanity-Ireland

Dez maneiras de se tornar voluntário na Irlanda

Para quem se interessa pela pratica do inglês fora das salas de aula e em fazer o bem a quem mais precisa o trabalho voluntário se encaixa perfeitamente. Além de contribuir com a comunidade local, o voluntariado pode abrir portas para novas oportunidades e ajudar a criar um círculo de convivência muito útil na vida de qualquer intercambista. As opções de voluntariado na Irlanda não são poucas e o site Lovin.ie montou uma relação com algumas delas. Confira dez maneiras de se tornar um voluntário na lista abaixo.

  • Abrigo animal: o trabalho envolve ajudar a alimentar e cuidar dos animais. Quem sabe surge até mesmo a possibilidade de uma adoção que tornará a sua vida e a de um animalzinho muito mais alegre.
  • Brechós: os locais recebem doações de roupas ou itens decorativos e o trabalho envolve organizar esse material, assim como atender nas lojas. A interação com os clientes costuma ser uma boa prática para o inglês e cada unidade direciona os lucros das vendas para uma causa específica. Você pode escolher aquela com a qual mais de identifica.
  • Lares de idosos: o voluntariado envolve doar um pouco de seu tempo para pessoas que somente querem ser ouvidas, fazer uma atividade diferente ou aprender algo novo.
  • Moradores de rua: o país conta com diferentes organizações que cozinham para moradores de rua e fornecem as refeições gratuitamente. O voluntariado ainda oportuniza alguma experiência em cozinha, fator que pode ajudar na hora de procurar por um emprego remunerado no ramo alimentício.
  • Meio ambiente: seja em ações de mutirão de limpeza nas praias locais ou plantando árvores e espécies nativas em áreas de preservação, você pode fazer sua parte junto ao meio ambiente.
  • Crianças: organizações mundiais como a Make a Wish estão presentes na Irlanda. Além disso, você pode atuar como voluntário ajudando crianças em seus trabalhos de escola ou participando de grupos de escoteiros.
  • LGBT: é possível atuar com suporte e educação na Gay Helpline ou participar da organização da Parada Gay, além de integrar organizações que atuam contra a discriminação e preconceito.
  • Refugiados: é possível passar algum tempo com essas pessoas, seja ajudando-os a superar a barreira da linguagem, auxiliando com trabalhos manuais ou dedicando parte de sua atenção, sendo um bom ouvinte.
  • Habitação: existem organizações que atuam na construção de casas para famílias de baixa renda. A satisfação de ajudar a construir um lar deve valer todo o esforço.
  • Tratamento químico: é possível se voluntariar para ajudar pessoas a passar pelas diferentes fases do tratamento de dependência química ou integrar grupos que atuam na frente de conscientização.

2 Comentários

  1. avatar
    Posted by Wilson da silva| 21 de junho de 2017 |Responder

    Sou construtor em Araçatuba. Será q teria trabalho voluntário na construção na Irlanda. Tenho até diploma.

  2. avatar
    Posted by Fabio| 21 de junho de 2017 |Responder

    Oi!
    Me chamo Fabio
    Gostaria de participar do voluntariado em construção de habitações

Leave a Comment

Your email address will not be published. All fields are required.